Você acha que não tem saída?

Deixa a Tina te ajudar.

 

Olá!

Nós somos a Tina, um canal de atendimento web para o mundo corporativo e empresarial 

que tem o objetivo de atender, orientar e acompanhar funcionárias de empresas que sofrem qualquer tipo de violência: sexual, doméstica e laboral. 

Estamos focadas em tornar o ambiente de trabalho mais amigo das mulheres e acolhedor, compreendendo que esse é um dos caminhos para se atingir a equidade de gênero e promover o crescimento econômico inclusivo e sustentável. 

 

Atuamos no atendimento, acolhimento e acompanhamento das colaboradoras que sofrem algum tipo de violência, com a implementação de um sistema de fácil acesso e seguro para todas aquelas que precisam de ajuda.

53%
da força de trabalho do Brasil é composta por mulheres
18h
semanais é a média de trabalho feminino no cuidado de pessoas (idosos e crianças) e afazeres domésticos
04
minutos é o tempo necessário para uma nova mulher ser agredida por pelo menos um homem no Brasil
18
dias de trabalho por ano é a média de falta entre mulheres que sofrem violência
R$1bi
é a perda anual na economia brasileira por conta dessas faltas
Fontes: IBGE 2018, PCSVDF Mulher 2017, Ministério da Saúde 2018.
  • Código Identificador Exclusivo da Empresa

  • Opção de Relato Anônimo

  • Tipos de Violência: doméstica, sexual
    e moral no ambiente de trabalho

  • Conversas Individuais com Assistentes Sociais

  • Relatórios Mensais para o RH da Empresa

  • Campanhas de Endomarketing

 

      EMPRESA

  • Coleta de Dados em tempo real

  • Indicadores de desempenho
    de produtividade

  • Controle de Faltas

  • Estimular a equidade de gênero

  • Promover uma cultura de boas

  • práticas com as mulheres

ícones-04.png

      FUNCIONÁRIAS

  • Acolhimento e auxílio na
    resolução de problemas

  • Contribuir para que a mulher em situação
    de violência rompa o ciclo agressivo

  • Garantir estabilidade da
    funcionária na empresa

ícones-05.png
 

Quem acredita na gente

Carrefour.png

BASIC


Até 100 atendimentos 
Relatório mensal de RH
Campanha de endomarketing

ícones-01.png

PREMIUM


Até 500 atendimentos 
Relatório mensal de RH
Campanha de endomarketing

ícones-03.png

GOLD


Até 1000 acompanhamentos
Relatório mensal de RH
Campanha de endomarketing

 

O Mete a Colher é uma startup que utiliza a tecnologia como aliada no combate

à violência contra as mulheres. Nascido em 2016, com a missão de desmistificar  o ditado "em briga de marido e mulher ninguém mete a colher", a empresa desenvolveu o App Mete a Colher que funciona como uma rede de apoio, pioneira no Brasil que ajuda as mulheres a saírem de relacionamentos abusivos, buscando o empoderamento feminino e econômico de todas as mulheres brasileiras.
 
Em quase quatro anos de atuação, o Mete a Colher já ajudou diretamente mais de quatro mil mulheres que vivenciavam uma situação de violência doméstica, assim como já conectou mais de 11 mil mulheres por todo o país. 
 
A Tina é uma iniciativa do Mete a Colher que busca atender o mundo corporativo
e empresarial, pois compreendemos que a violência contra as mulheres é um  trabalho de união de forças, somando sociedade civil, instituições públicas e instituições privadas.

 

www.meteacolher.org
 

Labcodes-tagline-02.png

A Tina nasceu de uma parceria do Mete a Colher com a Labcodes, um estúdio de software que projeta, implementa e escala produtos digitais customizáveis, com mais de 7 anos de experiência trabalhando com clientes dentro e fora do Brasil. Essa união foi fundamental para garantir o desenvolvimento de alta qualidade, escalável e de maneira ágil do software. Durante o desenvolvimento, a Labcodes prezou pela segurança das usuárias, bem como por disponibilizar os resultados colhidos de forma que nos ajude a criar indicadores e mensurar o impacto positivo que a Tina vem estabelecendo com os nossos clientes.

www.labcodes.com.br

Labcodes-tagline-01.png

O Tina está em consonância com os Objetivos Sustentáveis da ONU pela Agenda 2030. 


O Mete a Colher, empresa responsável pela atuação da Tina, foi acelerada pelo Accelerate 2030, um projeto realizado pelo Programa das Nações Unidas pelo Desenvolvimento (PNUD).

5.png
8.png